Realizar a sucessão, seja de pessoa física ou jurídica, é uma situação complexa, pois existem diversos fatores e custos envolvendo o procedimento. Planejar a sucessão em vida é uma excelente forma de evitar perdas, desperdício de recursos e economizar consideravelmente durante o processo de sucessão patrimonial.

O planejamento sucessório, é um mecanismo criado para evitar desentendimentos familiares, sendo previsto em lei e pode ser usado em patrimônios de pequeno, médio ou grande porte.

Ao dispor do patrimônio em vida temos a redução sas chances de conflitos durante o processo. Não importa o tamanho das posses, é indispensável começar o processo ainda em vida e com saúde.

A decisão evita possíveis desentendimentos familiares e organizacionais, aumentando a durabilidade da empresa. O destino do patrimônio deve ser bem planejado para que os herdeiros tenham segurança sobre os bens disponíveis, evitando preocupações desnecessárias.

WhatsApp chat